domingo, março 30, 2008

Sen.ti.men.tos’





Fim, a noite acabou feito gim ;’ ):

Quando o inválido se torna importante demais, a transição é óbvia, há uma água de gosto familiar tocando os lençóis, há um pesadelo repetindo coisas insanas, voltadas pra uma revolta que causa medo de se tornar real, é como estar vazio o suficiente para sentir nas entranhas o gosto dos alimentos que lhe descem corpo à dentro, é uma saudade doída e antecipada, o que faz tudo parecer mais cruel.
É doloroso, pesado, e sem explicação... É estranho por si só, e mesmo após estar acostumada a essa palavra, por uma estranheza minha, é difícil. Talvez porque, não haja aprovação e involuntariamente, não há também costume. Costumes insanos me enojam, assim como essa hipocrisia que me faz sentir febre.

♪ Sentimentos - Ana Carolina ♫

Um comentário:

teeeeeeka :DD disse...

A Eva e seus textos que eu me apaixono desde as primeiras palavras... Mesmo com a distância, as palavras e as vidas se encontram, assim, bem por acaso. Saudade de conversar contigo. E eu amo. <3