segunda-feira, julho 21, 2008

Recanto de desejos

... Essa coisa de estar tão perto e tão longe ...

Não me faz muito bem ...


Antes de qualquer comentário, sim, o texto é antigo.

-

Pensando nas tardes frias
Que me fez passar sem teu amor
Pensando no sorriso cínico
Que saia dos teus lábios e me fervia o sangue
Pensando nas carícias sem amor
E nas frases que não terão perdão
Vendo-me cair, aos prantos
Meus gritos ecoam aos quatro cantos.

Queria que nas tardes de tormentos
Meus gritos surdassem teus ouvidos insanos
E fossem capazes de mudar
O ser – humano podre que você é
Queria que as lágrimas que saem de mim
Tocassem-lhe, só uma vez
E meu mundo parasse onde está
Que um adeus de vez me fizesse bem
Queria o impossível...
O seu amor.


-

Ouvir o silêncio, também faz bem.

Nenhum comentário: