quarta-feira, agosto 27, 2008

é que eu amo demais, e isso me atordoa

-

Se metade do amor que sinto fosse seu... Eu juro, não haveria no mundo maior alegria. Se os versos que escrevo nesse papel amarrotado fossem para mim escritos... Os meus olhos navegariam em tanta euforia que já não importaria mais nada. Se parte da dor que sinto fosse sua... Eu lhe daria toda a felicidade do mundo.



-


♪ Abismo - Jorge Vercilo ♫

Nenhum comentário: