domingo, setembro 28, 2008

Disfarçar

-



"Sai daqui que hoje eu aprende a finjir, e eu disfarço muito bem..."


-





Por que era que aquela visita havia me inquietado tanto dessa vez? Me veio um turbilhão de pensamentos, lembranças, devaneios. Eu não iria virar aquela garota impulsiva novamente. Afinal, tanta coisa havia se passado... Eu já sabia tão mais... Havia aprendido a segurar as lágrimas, os impulsos, as necessidades. Eu era agora uma adolescente como outra qualquer. Deixava pincelado nos lábios um sorriso juvenil. É, eu também havia aprendido a fingir. Trocara a fuga pelo fingimento. Era moderada, sim. Comportada. Nada de excessos, de porres, superdosagens, nada de sangue. Agora, eu era um manipuladora, uma atriz. Se tudo não fosse tão sério, eu até riria da convicção das pessoas ao me ver. Aos olhos de todos eu tinha apenas pouca idade, um sorriso lindo e algum mistério. No meu coração, único conhecedor dos meus conflitos...Era uma caçadora de emoções.


-

E Antes Que Eu Esqueça de Mim - Canto Dos Malditos Na Terra do Nunca

Um comentário:

Layana Lossë disse...

eu tenho q aprender a fingir ¬¬
sou 95% emoção e não aprendi totalmente a controlar.
é fuêda!