terça-feira, janeiro 27, 2009

A cada banho de chuva.

-





E a chuva veio. Só pra embalar o que é tão igual a ela e descobre o meu rosto. Talvez eu esteja meio perdida. "So easy" nunca funcionou pra mim. Mas hoje as coisas não estão mesmo muito fáceis. Enquanto vejo as pessoas correrem, se escoderem do fluxo de água que só aumenta, eu quero mesmo é me mostrar. Quero ter tardes como a de ontem... Ah, eu queria não ter horário, sabe? Parem todos os relógios do mundo, porque o meu talento é pra bohemia.



-

Nenhum comentário: