terça-feira, janeiro 20, 2009

"É que eu, Alice... Aprendi a não chorar"

-

"Me atirava do alto na certeza de que alguém segurava minhas mãos, não me deixando cair. Era lindo mas eu morria de medo. Tinha medo de tudo quase: Cinema, Parque de Diversão, de Circo, Ciganos...
(...)
Aquela gente encantada que chegava e seguia. Era disso que eu tinha medo. Do que não ficava pra sempre."


-

http://parteexiladademim.blogspot.com/2008/07/eu-que-sonhei-por-tanto-tempo-em-ser.html

e olha só, lá vou eu...

-

Posso dar uma de Peter Pan e dizer que odeio os adultos e as suas limitações?

Um comentário:

Maah disse...

"Era disso que eu tinha medo. Do que não ficava pra sempre."

[...]