domingo, março 29, 2009

amorcomamorsepaga [?]

-





Eu devo adimitir que esperei mais. O amor além da vólupia, talvez. Não quis apenas que a língua trasitasse pelos meus seios. Horas voraz, outras gelida. Eu quis ir além, transbordar. Como se o raio chamando o dia nunca aparecesse. Não vou dizer que foi ruim sentir os teus dedos no meu corpo. Mas não era só o delírio, não era! Eu posso chicotear as minhas vontades um pouco mais. Fingir que não te desejo inteiro, como deseja ser de tantas outras. Sobrepor a minha superioridade escorpiana. E se é pra ser do signo, chorar um pouco. Mas os tempos são outros, as estações mudaram. Eu quero amor. As migalhas que fiquem para pássaros menores. Eu sou um beija-flor.





-

Nenhum comentário: