terça-feira, abril 21, 2009

Complexo de[por] Isabel[a].

-

— Juízo! — repetia o inimigo rachado, mais cruel que de costume. — Ah, o juízo de Isabel!

Ah, a paixão de Isabel! Ah, o amor de Isabel! Juízo...

— Esse juízo eu já perdi junto com o amor que nunca terei...
— Você perdeu foi a vontade de lutar. De lutar por aquilo que você quer.
— Ah, Cristiano, Cristiano... será que tudo que tenho feito não foi lutar por ele?
— Você luta pela vitória de outro exército. O exército de Rosana.
É o único exército que tem alguma chance. O meu não pode ganhar nenhuma batalha...
— O que tem o seu que os outros não têm?
— Rosana é linda! E eu sou feia!
— Ninguém, nunca, lhe disse isso.
— E que eu sou linda? Alguém disse?

(A Marca De Uma Lágrima - Pedro Bandeira)

-

Qualquer Intenção - Canto Dos Malditos Da Terra Do Nunca .

Nenhum comentário: