sexta-feira, maio 01, 2009

Noite reticente

Eu queria escrever, só pra aliviar a dor. As minhas lágrimas tem gosto de mágoa, mais ainda, tem gosto de medo. Porque essa noite eu estarei sozinha de novo, e isso me faz encenar mais uma vez a diferença. Você casa com os seus erros quando os comete. Mas eu nunca imaginei que tudo fosse se tornar tão intenso assim. Quando tudo o que eu quero é viver a minha maneira, não perder a estribeira. Sei que hoje a noite não vou dormir e farei coisas que eu não quis fazer, vou realmente contar carneirinhos, muitos, muitos carneiros mesmo. Ah, o que eu sei é que eu queria estar com eles, só.

-

Nenhum comentário: