quinta-feira, julho 02, 2009

Intense.

-


Eu te amei. Firme, forte, intensa. Pus a mão onde tacharam como proibido, te descobri um pouco mais. Eu estava louca, meu amor. Eu queria mais. Mas a minha vontade não vai de encontro com a sua, nem se quer quando você faz do meu pescoço um universo a descobrir, e ardo. Eu queria mesmo era que você levantasse mais o vestido, que me acariciasse as coxas, a cintura, o corpo todo. Ainda assim, eu te amei. Como desejava há tanto tempo, no sonho que havia (quase) deixado pra trás. Você me faz bem, e eu quero estar contigo de novo. Se for por agora, que esse agora dure o tempo de saciar minha vontade insaciável, e acabar com o meu fôlego que nunca acaba. Se for pra sempre, que faça jus ao teu sangue correndo em minha veia pelo nosso pacto. Se for pra ficar, que fique. Se não for, que fique também!


'...- A gente tá namorando?
- Você ainda pergunta?'


-

Nenhum comentário: