terça-feira, julho 07, 2009

Ninguém reparou na lua.


-

-Me dê a mão, vamos sair pra ver o sol?
(...)
-Tá, entendi que você não quer responder.
-Eu respondo, sim! Não, não vamos sair pra ver o sol, vamos sair pra ver a lua, ela tá mais que linda.



Então, vamos sair pra ver a lua? Andar pela rua sem horário de volta? Tomar um banho de chuva gostoso, depois preparar um chocolate quente e assistir um filme qualquer encolhendo-nos numa coberta que não nos deixe com frio? Aliás, só o aconchego se encarrega disso. E depois vamos suar, mas do jeito bom. Vamos jurar amor por inteiro, por vontade e por verdade.



"Talvez já tenha virado rotina. Apesar de que, eu odeio rotina. A felicidade que vivo quando estou contigo é, ainda, o que me faz levantar todos os dias." (T.R)

Saudade de sentir cheiro bom de vida fresca.
-

Um comentário:

Nina disse...

Uma boa dose de mim aí no sue texto.

Gosto dos textos que parecem que foram extraídos de mim.

Parabéns, moça.