sábado, agosto 08, 2009

Sentir os espinhos


'Sonhei que não fazia o menor esforço para que te entregasses, em ti já estava imerso. Que lindo que é sonhar!'


Eu tinha mil coisas pra te contar.
Mil planos pra fazer. Mil presentes para dar.
Eu tinha mil truques pra te enlouquecer.
Mil frases bobas pra te fazer sorrir.
Mil sonhos para dividir.
Eu tinha mil mensagens para mandar.
Mil poemas para ler.
Mil desenhos para mostrar.
E uma noite inteira para guardar prum dia em que não haja folia para preferir.


'Você não repare no que possa parecer...'

Nenhum comentário: