quarta-feira, dezembro 16, 2009

- ENTRA -

Pode entrar que a porta tá aberta
E deita na cama, seu lar, meu ser
Se quiser até fica
para sempre
Faz meu
existir valer a pena
Faz meu ser, ser feliz, com o teu ser
Brinca comigo, como se não fosse nada
Me transforma no que quiser
Me deixa na forma do seu brinquedo favorito
E não me guarde no armário ou no velho baú
Me aconchega no teu peito, e me deixa ser feliz
Assim como tudo ou nada
Assim, pra mim, vale a pena
Mesmo que de brincadeira
Te ter
Faz da minha
súplica
O teu desejo
Descubra-me como quero:
Muito mais que beijo
Desprenda-nos deste engano
Basta-me uma noite
E só um pouco dos
teus olhos
Que se acabe num olhar
E recomece todos os dias
Como um elixir tomado muitas vezes
Pelo mesmo par de amantes
Que como diamantes
Insistem em não perecer!
(Eva Cidrack e Rosângela Pimentel)

4 comentários:

Pâmela Marques disse...

Anseio muito por isso, mas acho que uma noite só deixa buraco na alma. Vazio.

Pâmela Marques disse...

Tenta entrar usando o Firefox. Entrei em uma lan house sábado e também não consegui. Deve ser algum erro de script.
No firefox dá, com certeza.

Bjo.

Mariana Pimentel disse...

A parceria que deu certo! hahah Brincadeiras à parte, ficou muito bom!

Matheus Sobral. disse...

Isso ficou muito foda!
Eu também deixei minha porta aberta por um tempo... mas ninguém entrava.