segunda-feira, fevereiro 08, 2010

Deve ser tudo uma questão de auto-estima.

Deve ser tudo uma questão de espelho, de carnes fartas. Tudo uma questão de auto-estima. Ou rivalidade feminina mesmo, ou dor de cotovelo, ou ciúmes. Medo de perder o podium, entende? Porque convenhamos que perdê-lo não é difícil. Auto-estima em baixa, anuncio. Não, hoje não tem conto de Helena. Não tem "La noche" nenhuma. Porque o astral da autora resolveu pedir à rego e o espelho se tornou perturbador, e rente aos seus olhos parecia destacar-se da parede e vir cortá-la, pedaço por pedaço. Não que aquilo fosse algo muito grande para a sua vida, mas era questão de auto-estima, repetia. Era só o lugar no podium diminuindo, gente abrindo os olhos. Não é por sentimento não, não pense. Não tem amor nenhum nessa história, é só um reflexo dasagradável. Que não adianta achar que vai mudar, porque dessa vez, não vai. Não vai passar.

(Não é necessário entender.
Desculpas mil a quem pediu
para postar o "La noche"
hoje. :/)

2 comentários:

Milla disse...

só nós mesmas podemos fazer a nossa auto-estima, não existe ninguem nesse mundo que pode acabar com a auto-estima de outra pessoa a não ser, vagamente, ela mesma. sei como é, me sinto assim as vezes acho que nessas horas, dar tempo ao tempo sempre pode dar resultado no espelho :)

beijos e melhoras.

ps# escreva a continuação, por favor! *-*

Samara disse...

Problemas com a auto-estima não me faltam. Mas, sei que qualquer coisa que fale não terá muito efeito. Mas te achei linda, e não só linda pro espelho.