quinta-feira, março 18, 2010

Lágrimas.

Estava eu perambulando pela cozinha de casa esses dias, quando dei de cara com uma cena linda na novela das oito. Tá, poderia ter sido melhor sim, podia ter tido menos ação da protagonista, etc e tal, mas o que me encantou mesmo foi o que foi dito pelo rapaz, e a maneira como foi dito. Resultado: TPM + Cena melosa da novela das oito = Rios de lágrimas. Por isso eu escrevi o diálogo só pra postar aqui, quem não gosta de clichês televisivos nem precisa ler. :)

-Lu, só me diz uma coisa: Eu to confundindo tudo?

-Como assim?

-Luciana, eu não to mais cabendo na minha casa. Eu não to mais cabendo dentro de mim, dentro do meu corpo, dos meus pensamentos. Eu não to... Eu perdi minha paz. Eu perdi minha... Minha concentração. Fome, sono, eu perdi a minha calma. Eu preciso recuperar isso pra continuar vivendo. Eu preciso saber se eu to... Se eu to sozinho ou se eu to acompanhado nessa. E isso é um delírio, uma ilusão, uma história que eu inventei pra...

-Miguel...

-Espera, escuta, escuta... Eu queria que você soubesse que mesmo que isso não dê em nada, já valeu. Já valeu a pena por tudo que eu experimentei assim sozinho, na solidão dos meus pensamentos, dos meus desejos. Você sabe do que eu to falando, não sabe?

-...

- Lu, isso tudo que eu to sentindo fica preso assim, ó... Num fio de esperança que vem de cada encontro que a gente tem, sabe? De cada... De cada vez que eu sinto o seu cheiro. De cada vez que eu vejo o seu sorriso. É muito bom, mas eu preciso me libertar disso, eu preciso me livrar dessa angústia que ta me matando. Mesmo que eu sofra o resto da vida desse sentimento, que tem sido o meu bem, mas que também tem sido o meu mal. Luciana, eu vim aqui porque eu preciso te dizer...

- Eu te amo. -Disseram, juntos.

(E eu não posso negar que senti vontade de ouvir dessas coisas, que fazem tanta falta. Me faz uma surpresa hoje? Bate aqui de madrugada, canta pra mim lá de baixo, invade a minha casa, me invade. Eu deixo, nem me queixo. Porque eu te quero, e espero por você, ainda que eu já tenha me sentido cansada de esperar. Venha logo, antes que eu tenha que fazer do meu jeito.)

Um comentário:

Milla disse...

que lindo, realmente até eu senti vontade disso tudo agora.

beijos e belo texto