segunda-feira, agosto 16, 2010

No barzinho.

- Garçom, vocês tem desamor por aqui?
- Temos sim, senhora.
- Desce quatro doses, com gelo, por favor.
- Mas quatro, senhora? Não acha um pouco demais?
- Meu bem, nem vinte doses disto recompensariam esse amor.
- Quantas doses dele tem ai?
- Infinitas, infinitas doses.

3 comentários:

Milla disse...

Sempre existirão infinitas doses de desamor para serem servidas...

Paulinha disse...

Se a gente nao quiser esquecer, nem todas as doses de desamor do mundo serão suficientes.

Mariana Pimentel. disse...

É, e a ressaca não leva o amor embora...