quinta-feira, fevereiro 28, 2013

Con-sequencia.


"I laughed and shook his hand, and made my way back home
I searched from form and land, for years and years
I roamed I gazed the gazeless stare at all the millions hills
I must have died alone, a long long time ago..."

"Já anuncias a hora de partida
Sem saber mesmo o rumo que irás tomar
(...)
Em cada esquina cai um pouco a tua vida
Em pouco tempo não serás mais o que és
Ouça-me bem, amor
Preste atenção, o mundo é um moinho
Vai triturar teus sonhos, tão mesquinho
Vai reduzir as ilusões a pó
(...)
Quando notares estás à beira do abismo
Abismo que cavaste com os teus pés..."



"Sabia no entanto das consequências (...) Sabia pouco, muito pouco, não imaginava quão grandiosas se tornariam."

Nenhum comentário: